sexta-feira, 11 de março de 2011

Agora ela anda pelos cantos, refletindo os erros do passado. Agora ela só sorri para criar uma falsa máscara de simpatia. Agora o mundo voltou a ser preto e branco.
Ela ainda tem guardado aquele cartão dizendo "eu te amo". Ela ainda dorme com a camiseta dele para não esquecer o seu perfume. Ela ainda chora por ele todas as noites antes de dormir, mas sabe que o coração dele não é mais dela.
Os dias vão continuar iguais.
Ela vai acordar, olhar para o lado e ele não vai estar ali. Ela vai trabalhar e estudar como de costume, para poder ocupar a cabeça e tentar dar outro rumo a sua vida. Todos os dias, a mesma monotonia.
Sem abraços, sem beijos.


Ela então, volta para casa andando pelos cantos, refletindo os erros e lembrando que o coração dele não é mais dela.
                        Os dias vão continuar iguais.

10 comentários:

Luana disse...

E só nos resta ter fé...

Kafé Universitário disse...

Olá Júlia!

Primeiro gostaria de agradecer a visita, de fato amigos é essencial em nossas vidas!

E vendo este post seu meu coração ate doeu! Acabei de terminar um relacionamento de dois anos e meu coração está ainda quebrado neste trecho "Ela então, volta para casa andando pelos cantos, refletindo os erros e lembrando que o coração dele não é mais dela." é muito foda (desculpe a palavra!).

Enfim amei o post "curto", objetivo, realista e muito profundo.

Beijos sempre estarei por aqui.

Patrícia

Erika Santos ♥ disse...

ahh que coisa mais linda seu cantinho anjo...
estou seguindo..
espero sua visita no meu cantinho tbm..
tenho as fórmulas do coração. haha

bjos querida..♥

Priscilla Cavazzotto disse...

Que inspirador amiga...
Adorei!
Beijos meus

Gabriela Couth disse...

Continuarão iguais até que um outro alguém apareça e mude tudo, mais uma vez! :)

Não é?

Beijo!

Jacy disse...

(Suspiros)
Nossa ainda estou anestesiada com esse post tão maravilhoso,tudo muito perfeito!

Beijos Querida

Long Haired Lady disse...

mas ela pode mudar isso, pode olhar para frente!

Marcos de Sousa disse...

Infelizmente tudo um dia chega ao fim. O importante é não parar.

Beijos

Gabriela Freitas disse...

Afial, sem ele os dias sempre são iguais...
"Agora ela só sorri para criar uma falsa máscara de simpatia. Agora o mundo voltou a ser preto e branco."

Marcos de Sousa disse...

Tem selo no meu blog para você. Depois passe lá para buscar.

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/03/so-mais-uma-carta-de-amor.html

Beijos